sábado, 12 de janeiro de 2013

LÚCIFER - Helena P. Blavatsky


LÚCIFER (lat.) – O planeta Vênus, considerado como a brilhante “Estrela Matutina”. Antes de Milton, Lúcifer nunca havia sido um nome do Diabo. Pelo contrário, visto que no apocalipse (XXII,16) o Salvador cristão faz dizer de si mesmo: “Eu sou... a resplandecente estrela da manhã” ou Lúcifer. Um dos primeiros Papas de Roma possuía tal nome e havia até, no séc. IV, uma seita cristã denominada os Luciferianos. Lúcifer vem de Luciferus, portador da luz, aquele que ilumina, e corresponde exatamente à palavra grega Phosphoros. A igreja dá hoje ao diabo o nome de “trevas”, enquanto que no Livro de Jô chama-se “Filho de Deus”, a brilhante Estrela Matutina, Lúcifer. Há toda uma filosofia de artifício dogmático devido ao fato de que o primeiro Arcanjo, que surgiu das profundezas do caos, foi chamado de Lux (Lúcifer), o luminoso “Filho da Manhã” ou Aurora Manvantárica.

A Igreja transformou-o em Lúcifer ou Satã, porque é anterior e superior a Jehovah e tinha de ser sacrificado ao novo dogma. (Doutrina Secreta, I 99-100) Lúcifer é o portador de luz da nossa Terra, tanto no sentido físico quanto místico. (Doutrina secreta, II, 36). Na antiguidade e na realidade, Lúcifer, ou Luciferus, ´o nome da Entidade Angélica que preside a Luz da Verdade, o mesmo que a luz do dia. Lúcifer é a Luz Divina e terrestre, o “Espírito Santo” e “Satã” ao mesmo tempo (idem, II, 539). Está em nós; é nossa Mente, nosso Tentador e Redentor, o que nos livra e salva do animalismo puro. Sem este princípio -  emanação da mesma essência do puro e divino princípio Mahat (inteligência), que irradia de um modo direto da Mente divina – com toda certeza, não seríamos superiores aos animais. (I idem, II, 504). Lúcifer e o Verbo são um só em seu aspecto dual. Equivale ao Ezanas-Sukra da Índia.

 Trechos extraídos do livro:

Glossário Teosófico
Helena P. Blavatsky – página.328
Editora Ground -  1988



3 comentários:

  1. INTERESSANTE, EU SEMPRE SUSPEITEI DESTA ESTRELA DA MANHÃ NÃO SER O MONSTRO QUE APRESENTAM.
    VALEU PELA MATÉRIA.
    PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  2. Muito esclarecedor o texto, sem as trevas jamais poderíamos vislumbrar as estrelas. Gratidão.

    ResponderExcluir